quarta-feira, 23 de abril de 2014

O Deus de cada homem - Carlos Drummond de Andrade


O DEUS DE CADA HOMEM

Quando digo "meu deus"
afirmo propriedade
Há mil deuses pessoais 
em nichos da cidade.

Quando digo "meu deus",
crio cumplicidade.
Mais fraco, sou mais forte
do que a desirmandadade.

Quando digo "meu deus",
grito minha orfandade,
o rei que me ofereço
rouba-me a liberdade.

Quando digo "meu deus",
choro minha ansiedade.
Não sei que fazer dele
na microeternidade.


Um comentário:

.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...